Noivo publica livro sobre blogs

Olá, tudo bem? Estou aqui este espaço novamente para compartilhar com vocês a realização de mais um sonho que elevará meus projetos a um próximo nível.

Após dois anos de muito trabalho e dedicação no projeto "Diário de um Blogueiro", é com enorme satisfação que anuncio a publicação dele através da editora Porto de Idéias. Agora, além da versão digital vendida no Hiperbytes, teremos também o livro impresso à venda nas livrarias e no site da editora.
"Diário de um Blogueiro"


Foi uma longa jornada até conseguir finalmente transformar esse sonho em realidade. Esta nova versão do “Diário de um Blogueiro” foi totalmente atualizada, revisada e reformulada a diagramação pela equipe da Porto de Idéias. Além disso, o designer André Bets fez um excelente trabalho na arte da capa que, em minha opinião, retrata muito bem a essência do livro.

No último dia 11 de março estive na sede da editora Porto de Idéias em São Paulo para conferir o resultado final e conhecer pessoalmente a Silvana Oliveira, responsável pela editoração e publicação do meu livro.
Silvana Oliveira e Júnior Gonçalves
Silvana Oliveira e Júnior Gonçalves
Quer saber mais informações sobre o livro "Diário de um Blogueiro" ? Acesse a página de venda do livro no site da editora Porto de Idéias ou leia mais informações no blog Hiperbytes

Continue lendo >>

E depois de três anos...

Estava eu a pensar nos três anos (!!!) que já se passaram desde o nosso casamento, e me bateu uma vontade imensa de voltar aqui, e compartilhar com vocês um pouco de meus devaneios. Nesses três anos, acertamos algumas vezes, erramos algumas outras, mas de uma coisa temos certeza - na verdade, de duas coisas - amor se cultiva todos os dias, incessantemente, e casar foi a melhor decisão que tomamos. 

Ainda sinto a mesma alegria que sentia no comecinho do casamento, quando meu esposo chegava em casa, e ainda morro de orgulho de exibir uma aliança dourada na mão esquerda, como se a cerimônia tivesse sido ontem! Mas amadureci nesse tempo, até em aspectos relacionados ao dia do casamento. Quer um exemplo? Fiquei irritada porque queríamos sentar para comer na festa e o buffet não deixou uma mesa reservada pra nós (inclusive falei sobre isso aqui no blog); hoje, vejo que foi a melhor coisa que poderia ter acontecido, e por dois motivos: primeiro, como ficamos a maior parte do tempo em pé, dançamos como loucos e curtimos todas as pessoas queridas (e não engordamos rsrsrs); e segundo (e melhor!), a única foto que eu tenho em que estão aparecendo meu sapato de noiva e meu buquê (ambos na cor pink, para quem não se lembra) foi tirada justamente porque nos sentamos por um momento em duas cadeiras do lado do telão (na hora que chegamos na festa e não encontramos uma mesa) e eu cruzei as pernas, mostrando assim os sapatos, e o fotógrafo captou o momento. Eu adoro essa foto, é uma das minhas favoritas, e se estivéssemos sentados na mesa, ela não existiria!

É através de pequenas reflexões aparentemente insignificantes como essa que vejo como nós crescemos nesses três anos, como aprendemos a valorizar ainda mais a nossa união, a ponto de já termos casado três vezes!!! E pretendemos casar muitas outras mais (amigos e familiares, preparem-se para as bodas de madeira, hein?!)...assumo que sou apaixonada por cerimônias de casamento.

Para quem pretende casar, agora ou futuramente, eu me atrevo a deixar um conselho: não ache que o amor por si só já basta; amor (como já disse no início do post) necessita de cultivo diário, senão ele se desgasta. Não acredite em conto de fadas, nos quais o príncipe ama a princesa (e vice versa) para sempre e não precisa de mais nada. Precisa sim! Precisa de afeto, de sorrisos diários, de um "Bom dia, querido (a)" ao acordar, mesmo que o dia aparentemente não tenha nada de especial, precisa de mãos dadas ao andar na rua, de beijos todo dia (sim, porque a gente tende a esquecer, viu! Casais casados às vezes só lembram de se beijar em momentos íntimos). Enfim, o casamento precisa ser moldado dia após dia, para que floresça sempre. Resumindo tudo isso...ser eternos namorados, é disso que os casais precisam.

Ah, pra quem ficou curioso, tá aí a foto do sapato e buquê que a só temos porque não sentamos em nenhuma mesa (a cara de bichinho assustado do noivo também ficou uma graça hahaha):

Casamento de Lizena e Júnior

Continue lendo >>

Um noivo de terno branco

Tudo que desvia um pouco do senso comum causa certo estranhamento nas pessoas, e um noivo de terno branco não foge à regra. Eu sabia que minha audácia de fugir do tradicional poderia fazer com que algumas pessoas, quando me vissem entrar na igreja, “torcessem o nariz”, imaginando o quão ridículo eu estaria sendo usando o branco, que é tão tradicional da noiva. A essa pessoas, só posso dizer que sinto muito, mas o casamento é meu e fiz o que agradava a mim e não a terceiros #prontofalei

Casamento de Lizena e JúniorPara minha sorte, minha noiva (agora esposa) não tem esse pensamento e não colocou nenhum obstáculo para que eu realizasse meu desejo de casar de terno branco. E, depois de conversar com algumas pessoas que assistiram ao casamento, acredito que a maioria, claro, depois de um primeiro momento de surpresa, começou a simpatizar com a idéia um noivo de terno branco que, afinal da contas, não é tanta novidade assim, haja visto que não é raro aparecer alguns famosos na TV casando de branco. Foi justamente da TV que tive inspiração para casar de terno branco, mas antes preciso voltar um pouco mais no tempo pra que vocês entendam toda a história.

Desde criança, sou fascinado pelo universo de super-heróis e há aproximadamente 10 anos as produtoras de TV dos E.U.A começaram a explorar o universo expandido de vários títulos que fizeram sucesso no cinema, e uma das primeiras tentativas foi contar a história de Clark Kent antes de se tornar o grande super herói que a maioria das pessoas conhecem. Assim nasceu o seriado Smallville, que acompanho desde os primórdios, e em um dos seus primeiros episódios, mais precisamente no episódio 6 da primeira temporada, vi uma cena em que o personagem Lex Luthor (Michael Rosenbaum) usava um terno branco.




Foi a primeira vez que vi um terno branco, e fiquei fascinado pela sua elegância e fineza ímpar. Não tinha planejado que seria assim, mas desde o primeiro dia que começamos a falar em casamento, eu brincava com a Lizena dizendo que casaria com um terno branco igual ao de Lex. E não é que quando fui escolher um terno na Love Story, havia um (somente um) terno branco, e a Lizena quando viu adorou o terno e incentivou-me a usá-lo. E assim se deu a escolha do terno branco.

Coincidência ou não... 3 horas antes do casamento religioso, estava eu em minha nova casa, assistindo o primeiro episódio da décima temporada de Smallville, e para minha surpresa Lex Luthor apareceu novamente com seu terno branco. Quem assiste ao seriado sabe que Lex Luthor (aparentemente) morreu há muito tempo, e não aparecia com muita freqüência utilizando seu terno branco, somente em ocasiões especiais. Para mim, isso aumentou ainda mais a minha convicção de que não haveria uma cor de terno melhor para utilizar em um dia tão especial, como foi o do meu casamento.

Casamento de Lizena e Júnior

Continue lendo >>

Melhores momentos do casamento

Segue abaixo o vídeo com os melhores momentos do Casamento. Aproveite também para assinar o nosso  feed e acompanhar nossas atualizações sobre o nosso casamento, as novas ideias depois do grande dia e diversos outros artigos sobre preparativos, decorações e trajes de casamento.


MELHORES MOMENTOS DO CASAMENTO

Produção: Softvideo

Casamento de Lizena e Júnior

Continue lendo >>

Texto da declaração do noivo na festa do casamento

Se você já assistiu ao nosso vídeo da Declaração de amor na festa do Casamento, agora você pode também ler a declaração aqui neste post.

Casamento de Lizena e Júnior

Casamento de Lizena e Júnior


Lizena, passei alguns dias pensando em fazer uma surpresa pra você no dia do nosso casamento e cheguei à conclusão de que nada seria mais especial do que enfrentar minha timidez e fazer uma das coisas que mais admiro em você, o dom de escrever. Evidentemente que não terei a mesma eloqüência, no entanto, dei o melhor de mim nesse pequeno espaço de tempo para exprimir em algumas palavras um pouco da nossa história.

Foram 4 anos, 10 meses e 10 dias desde o dia em que estávamos sentados naquele banco de praça e desajeitosamente te pedi em namoro. Um cenário nada romântico eu sei, mas com certeza era o melhor e o mais sincero sentimento que poderia oferecer naquela época. Época, aliás, de muitas inseguranças e medos que o inicio da juventude me aguardava e que, sem fazer a mínima idéia, te pedir em namoro foi sem dúvida a melhor decisão que tomei na minha vida. 

Continue lendo >>

  ©Casamento de Lizena e Júnior - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Customized by Hiperbytes